Protechting seleciona 12 startups

Protechting seleciona 12 startups

O júri da terceira edição do Protechting – programa de captação de projetos inovadores nas áreas da saúde, seguros e serviços, promovido pela Fosun e Fidelidade, com o apoio da Luz Saúde e do banco alemão Hauck & Aufhäuser – apresentou no dia 22 de junho as 12 startups que foram selecionadas para a fase de aceleração: Humanoo, Rnters e Gistek (na área de Insurtech), Copsonic, Spinanalytics e Wall-I (na área de Fintech) e Medicsen, Skinsoul, Criamtech, Cardiomo, Baylifetech e TMass (na área de Healthtech). As últimas seis têm a mentoria do Hospital da Luz Learning Health e das direções de Marketing e Comunicação e Novos Negócios da Luz Saúde, que as estão a apoiar na melhoria dos respetivos projetos e planos de negócio.

A sessão de apresentação das 12 finalistas contou com a presença de Manuel Caldeira Cabral (ministro da Economia), Li Haifeng (vice-presidente sénior do Grupo Fosun), Jorge Magalhães Correia (presidente do Grupo Fidelidade), Isabel Vaz (presidente executiva da Luz Saúde) e de uma comitiva representante do Governo de Macau. O júri é composto por representantes da Fidelidade, Fosun, Luz Saúde e Hauck & Aufhäuser. Na semana de bootcamp desta edição do Protechting, tinham participado 22 equipas provenientes de 10 países (Alemanha, China, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Moçambique, Ucrânia, Reino Unido e Portugal). As 12 startups que passaram à fase de aceleração terão a oportunidade de desenvolver um projeto-piloto dentro das empresas do Grupo Fosun, até outubro próximo.

«Lançámos o Protechting com a Fidelidade há três anos. Hoje, estamos felizes por ver Portugal tornar-se num local de referência para o desenvolvimento de start-ups na Europa. Cada vez mais unicórnios europeus crescem em Portugal, cada vez mais parceiros se juntam a nós no Protechting», afirmou Li Haifeng. «O Protechting é já uma referência no contexto internacional. Incorporar a visão externa e inovadora das start-ups que integram este projeto é para nós fundamental», corroborou Magalhães Correia. 

Os três melhores projetos finais serão premiados com um roadshow na China, com acesso a alguns dos maiores investidores do mundo e oportunidade desenvolver os seus negócios com a Fosun, a Fidelidade, a Luz Saúde ou o Hauck & Aufhäuser. O vencedor, com o melhor modelo de negócio, será também distinguido com um prémio de 10 mil euros.

No âmbito de uma parceria entre o Grupo Fosun e o Governo de Xangai, as startups vencedoras desta edição do Protechting irão também participar na competição Chuang Qingchun – Concurso de Inovação e Empreendedorismo Jovem de Xangai, a decorrer em setembro.